coworking ou home office

6 Motivos para escolher o coworking ao invés do home office

Com o crescimento significativo das ofertas de trabalho remoto nos últimos anos, o home office se tornou uma realidade cada vez mais próxima dos profissionais brasileiros e de todo o mundo.  

Em 2020, durante a pandemia de coronavírus, boa parte das empresas de pequeno, médio e grande porte decidiram aderir ao trabalho remoto. A mudança, não foi uma grande novidade para trabalhadores liberais, que há tempos já vêm abrindo mão dos escritórios convencionais.  

Por outro lado, a adaptação não foi – e ainda não é – fácil. Mesmo após mais de um ano desde que foi instalada a pandemia de covid-19, muitos profissionais afirmam que não se adaptaram completamente a modalidade remota. E não é de se espantar, já que morar, trabalhar e descansar em um mesmo ambiente está longe de ser o normal.  

Além disso, montar um espaço de trabalho em casa pode ser bastante desafiador. Não apenas pela organização e dedicação diária, mas pelas necessidades básicas dos profissionais. Como espaço de armazenamento de documentos, mobília ergonômica para proteger a saúde do corpo, equipamentos funcionando perfeitamente e internet rápida e de qualidade. 

Essa é uma das inúmeras razões que fazem cada vez mais trabalhadores trocarem o home office pelo coworking. Quer saber mais sobre isso?

 

Confira abaixo 6 motivos para aderir ao coworking ao invés do home office: 

Passa seriedade e profissionalismo

Já pensou em como seria receber um cliente ou colaborador em casa? Antes da pandemia, talvez, fosse uma tarefa mais simples. Mas, atualmente, é muito importante considerar ter um lugar adequado para realizar reuniões presenciais. Além de não precisar dar aquela geral em casa, você e seu convidado podem desfrutar de um espaço seguro, livre de interrupções e totalmente preparado para recebê-los. 

Evita problemas em casa

Seja pela desorganização, trabalhar até tarde ou por dificuldade de manter uma rotina saudável, os conflitos causados pelo home office são uma realidade em muitos lares, principalmente durante a pandemia. Assim, é interessante avaliar a possibilidade de ter um local para trabalhar fora de casa, pelo menos algumas vezes durante a semana ou mês. 

Possibilidade de networking

 A comunidade é uma parte muito importante do espaço de trabalho compartilhado. A interação simples e facilitada entre os participantes é o que faz do coworking uma experiência tão enriquecedora. Criar conexões nas redes sociais pode ser legal, mas nada é tão bacana quanto conhecer e trocar ideias pessoalmente durante um almoço ou café no fim do expediente.   

Atende desde grandes empresas a profissionais independentes

Seja você um freelancer ou dono de uma grande empresa, o coworking se adapta às suas necessidades! Com espaços de trabalho variados, como salas privativas, mesas compartilhadas e salas de reuniões, a estrutura do coworking consegue atender a diferentes tipos de profissionais, equipes e ocasiões.  

Menos burocracia

O coworking é simples. Em comparação com o home office ou um escritório privativo, aderir ao espaço compartilhado é mais econômico e exige menos tempo para lidar com burocracias. Nada de contas para pagar, contratos para ler, móveis para escolher e pessoas para contratar. No coworking, o cliente escolhe o plano que melhor se encaixa na sua rotina e depois é só levar o computador e começar a trabalhar.  

Protege a sua produtividade

Apesar de o home office parecer possível para todo mundo, nem todos os profissionais conseguem entregar seu melhor trabalhando de casa. Seja pela falta de costume com a modalidade ou por distrações pontuais, muitos trabalhadores estão passando por episódios de produtividade baixa. No coworking, além de toda a estrutura, a decoração e disposição dos espaços colaborarem para um bom expediente, o local ainda conta com salas privativas para atender quem precisa de mais tranquilidade para se concentrar no trabalho. 

 

Coworking: Custo ou Investimento? 

O trabalho remoto não é tão simples quanto parece, especialmente no Brasil, onde a desigualdade social atinge uma grande parte da população. Tornando ainda mais difícil o acesso a internet de qualidade, equipamentos em bom estado, além de segurança e tranquilidade na área residencial.  

Apesar de o home office ser visto como uma boa saída para o trabalho remoto, devido o conforto do lar e as horas evitadas de deslocamento e trânsito até o local de trabalho, ele também carrega grandes obstáculos, como o aumento nas contas de energia e internet, a possível compra de móveis e equipamentos eletrônicos, além das eventuais distrações causadas pelos outros moradores da casa. 

Por outro lado, alguns profissionais ainda resistem à ideia de aderir ao coworking por conta do custo dos planos e deslocamentos. 

Mas, afinal, o coworking pode ser considerado um custo? 

É possível enxergar a decisão de utilizar o coworking de ambas as formas, tanto como investimento quanto como custo. Primeiro, deve-se considerar um investimento financeiro porque agrega valor ao serviço prestado. Segundo, a adesão pode ser considerada um custo, já que não gera um retorno imediato em dinheiro. 

Portanto, é importante colocar as suas contas na ponta do lápis e entender o que é prioridade para você e sua empresa.  

Um coworking pode oferecer muitas oportunidades, enquanto o home office traz algumas limitações. Em um coworking, é possível aproveitar de um espaço pensado especialmente para estimular a produtividade, frequentado por diversos profissionais diferentes, bem equipado com móveis e itens de escritório para manter a sua performance satisfatória e segura, além de ser um local preparado para receber pessoas. Já pensou na boa primeira impressão que pode causar em um cliente ao recebê-lo em um coworking? Vale a pena pensar a respeito! 

Outro ponto para se levar em consideração é como esse espaço pode agregar valor ao seu trabalho. Obtendo um endereço empresarial, visitando um lugar bem localizado e arcando com os custos do coworking, o preço dos seus serviços podem subir um pouquinho para acompanhar o upgrade no espaço de trabalho. E lembre-se, com o networking frequente no local, existem mais chances de garantir novos clientes, fornecedores e parceiros para a sua empresa. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, como podemos lhe ajudar?