Como reduzir os custos na empresa?

Reduzir custos dentro de uma empresa não deve ser apenas uma medida emergencial. O corte de gastos pode garantir à empresa mais recursos para investir e inovar em outras coisas, como por exemplo, criação de novos produtos e serviços.

Você tem seus ganhos, tem uma excelente estratégia de vendas e bons resultados, agrada os clientes, mas se não houver um bom gerenciamento financeiro, os custos podem ultrapassar o lucro e a empresa não crescerá.

Como está o seu controle financeiro? Você conhece seus custos? Mapear de forma consistente para onde estão indo seus recursos é o primeiro passo, pois o que não é medido não pode ser melhorado.

Antes de qualquer corte também é preciso avaliar o impacto que ele gerará tanto na operação quanto na qualidade do produto final, por exemplo. É preciso equilibrar as decisões para que uma redução não se torne um problema maior lá na frente.

Separamos algumas dicas para você começar seu processo de redução de despesas:

Avalie seu regime tributário

Confira se o regime fiscal de sua empresa é o mais adequado para o volume do seu negócio, um contador pode ajudar você a fazer a melhor escolha.

Negocie com seus fornecedores

Você certamente já tem fornecedores nos quais confia. Aqueles que oferecem qualidade de serviços ou produtos e que você tem medo de substituir.

Nós sempre lembramos daquela frase de que o barato pode sair caro. Nem sempre trocar apenas visando custo será uma boa solução. Então, negocie! Ache um equilíbrio e busque uma negociação ganha-ganha. Se você é um bom cliente, o fornecedor também não vai querer perder sua empresa.

As despesas do dia a dia merecem atenção tanto em termos de fornecedores como em termos de consumo consciente:

  • Telefonia e internet;
  • Água e energia;
  • Papel e impressões;
  • Tarifas bancárias;
  • Sistemas;
  • Manutenção predial.

Seu estoque está adequado à sua operação?

Em muitas situações, ter um grande estoque significa manter dinheiro empatado e ainda correr o risco de não conseguir vendê-lo. Pior ainda se seu produto for perecível. Além disso, estoque ocupa espaço que faz você gastar com as despesas prediais do local.

Então mudar de estratégia, como negociar para que a entrega seja direto no cliente sem passar pela sua empresa, por exemplo, pode gerar uma grande economia.

Avaliar também se a variedade e quantidade de produtos que você mantém é a mais assertiva também é um bom caminho.

Campanhas de marketing nas redes sociais

O marketing online é um bom negócio quando se fala de investimento em divulgação e alcance de pessoas. Se você já tem alguém dentro da sua equipe que faça o serviço ou se sua empresa já tem um departamento próprio você não precisa de muito investimento em um prestador de serviço.

Mas caso precise, além de agências que cheguem a boas negociações, existem diversos profissionais freelancer que você pode contratar.

Avalie se o quanto você gasta hoje em publicidade e marketing é compatível em relação a quantos contatos de novos interessados você recebe. Se você estiver usando o meio de comunicação errado, pode ser que seu custo de aquisição de clientes esteja muito alto.

Invista em tecnologia

A tecnologia evolui tão rápido e oferece tantas possibilidades que é fundamental se atualizar constantemente sobre as ferramentas disponíveis no mercado.

Um bom sistema ERP pode trazer muitas vantagens como: aumento na velocidade da operação, eliminação de tarefas repetitivas, automação de relatórios, lembretes de diversas ações que devem ser realizadas pela equipe, aumento da capacidade de gerenciar de forma personalizada o relacionamento com os clientes, melhor organização para sua contabilidade, entre outras coisas.

Outras automações como controle de acesso eletrônico ou temporizadores de energia, por exemplo, podem trazer uma redução em despesas recorrentes.

Mobilize a equipe para reduzir custos

Você sabia que profissionais motivados possuem um menor custo trabalhista?

Do ponto de vista da relação empresa x colaborador um bom ambiente de trabalho é uma ótima estratégia para redução de custos, já que os colaboradores são um recurso valioso para empresa.

Profissionais que se sentem bem no seu ambiente de trabalho podem ser mais eficientes. Sendo assim, podem se envolver mais na “comunidade” da empresa e olhando pelo ponto de vista prático, podem ajudar na gestão do espaço de trabalho, evitando desperdícios, engajando na redução de custos e trazendo novas ideias.

Além disso, o absenteísmo e alto turnover significam custos. Então cuidar das pessoas que trabalham com você também se traduz em economia.

Avalie seus custos com estrutura e locação

Já se foi o tempo em que era preciso mobilizar tantos recursos para montar um escritório. Os coworkings e escritórios compartilhados estão crescendo ano a ano e atraindo não só pequenas empresas, mas também sediando grandes corporações que já entenderam que terceirizar o escritório é uma excelente opção para reduzir os custos fixos.

Vale a pena você conhecer mais sobre esta opção a fim de avaliar se ela serve para você também. No coworking o investimento inicial é zero, já que as salas são mobiliadas e a estrutura já está toda montada.

Os contratos são flexíveis, o que dá maior tranquilidade ao empreendedor que pode precisar aumentar ou reduzir os serviços contratados.

Além do que, há redução na folha de pagamento da sua empresa, pois os serviços de recepção, limpeza e TI já estão inclusos. Seu financeiro também fica bem feliz porque paga uma única fatura.

Um outro bônus é a participação em uma comunidade e a oportunidade de praticar o networking todos os dias.

Caso você ainda não conheça o conceito e quer saber mais, o Espaço Certo, com unidades em Santos e São Paulo, oferece a opção de degustação para que você possa sentir como é trabalhar em um espaço compartilhado. Entre em contato com a equipe comercial clicando aqui

 

Conheça cases reais de quem obteve redução

Ao montar um escritório em uma locação tradicional seu investimento seria de pelo menos R$10.000,00 somando imobiliário, pintura, instalação de ar condicionado, purificador de água, frigobar, impressora e outros detalhes de acordo com a estrutura que você necessita.

Já as despesas mensais são: aluguel e condomínio (R$1.500,00), equipe e produtos de limpeza (R$1.000,00), recepcionista (2.000,00), internet e telefone (R$250,00), luz (R$350,00), impressora (R$200,00) que totalizam em média R$5.500,00.

Confira neste artigo, cases de sucesso de clientes do Espaço Certo que uniram a redução de custos de escritório com a aquisição de benefícios: https://espacocerto.net.br/essas-empresas-conseguiram-reduzir-seus-custos-em-ate-85/ .

Dependendo do modelo adotado nesta transição, a redução pode chegar a 85% nas despesas de escritório. E se tratando de uma mudança de locação tradicional para sala privativa no escritório compartilhado, a redução gira em torno de 30%.

Além de diversas vantagens como o ganho de tempo para se dedicar ao seu negócio e o ambiente diferenciado para sua equipe.

O conceito de economia compartilhada veio para ficar

A prática de dividir o uso de recursos com interação entre as pessoas é chamada de economia compartilhada. O cenário brasileiro mostra que nosso país possui mais do que o dobro de iniciativas deste setor, quando comparado com outros países da América Latina.

A economia colaborativa ajuda na solução de problemas como a escassez de recursos do planeta e também serve para o aumento do seu uso consciente. O meio ambiente e o nosso bolso agradecem!

Nós já falamos aqui sobre o conceito de economia compartilhada e como ela tem tudo a ver com o coworking. Confira o artigo na íntegra: https://espacocerto.net.br/economia-compartilhada-o-que-tem-a-ver-com-coworking/

Participar de um movimento como este também representa um lado de responsabilidade social para sua empresa, que poderá se engajar inclusive em outras ações desenvolvidas pelo coworking.

E se tudo isso fez sentido para você, entre em contato agora mesmo com a nossa equipe e descubra qual é o serviço ideal do coworking para gerar redução de custos na sua empresa.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, como podemos lhe ajudar?