DICAS PARA GERENCIAR AS EMOÇÕES EM AMBIENTE DE TRABALHO

Às vezes você pode se perguntar: como faço para gerenciar minhas emoções em ambiente de trabalho?

Antes de tudo, vamos a uma breve definição. “As emoções são responsáveis por tomadas de decisão rápidas, muitas vezes sem avaliar previamente o assunto e circunstância. É uma reação biológica, pois está ligada na alteração de frequência cardíaca e até no rubor da pele”.

Elas também estão associadas à personalidade, temperamento, experiência de vida e motivação da pessoa.

Na maioria das vezes, quando as emoções estão exaltadas não conseguimos gerenciá-las da melhor maneira, o que pode trazer consequências na hora de tomadas de decisões, geralmente feitas por impulso.

O primeiro passo é olhar para a emoção que você está sentindo, assumindo o sentimento. “Bom, hoje estou mais irritado que o normal”. Ok, assuma para si mesmo sem culpa. Irritabilidade é algo normal de todo ser humano.

Se você estiver com outras pessoas em volta, se possível, vale a pena você compartilhar que precisa de um momento. Dessa forma você vai evitar agir ou falar por impulso. Existem duas técnicas excelentes para lhe ajudar a gerenciar suas emoções, uma é a respiração completa e outra é o mindfullness, ou, atenção plena.

RESPIRAÇÃO

Segundo pesquisas disponíveis na Biblioteca Nacional de Medicina nos Estados Unidos, respirar adequadamente pode impactar no bem estar e na redução de estresse.

Você já percebeu que quando está nervoso ou ansiosa, a respiração fica mais curta e rápida?

Ao respirar corretamente você consegue moldar o estado psicológico e terá algumas mudanças como: diminuição da pressão arterial e até melhora a taxa de variabilidade cardíaca.

Vamos às respirações?

Importante: Se você possui dificuldade de inspirar e expirar apenas pelo nariz, o processo pode ser feito intercalando inspiração pelo nariz e expiração pela boca.

Dica 1: antes de iniciar, coloque a mão no tórax e no abdômen.

  • Você irá inalar o ar pelo nariz, sentindo expandir desde o abdômen até o pulmão
  • Exale pelo nariz, esvaziando o pulmão até esvaziar o abdômen
  • Você perceberá que essa respiração faz um movimento de expansão e contração do abdômen

Dica 2: faça a inspiração e expiração devagar, se você já possui algum conhecimento da técnica ou treinamento, pode até encaixar um tempo de 3 a 4 segundos em cada passo do exercício.

MINDFULLNESS

Vamos a definição: é um estado mental alcançado quando sua consciência está focada no momento presente enquanto calmamente busca reconhecer e aceitar seus sentimentos, pensamentos e sensações.

Atualmente é uma técnica altamente recomendada na psiquiatria para pessoas com quadro de ansiedade, depressão e síndrome de Burnout.

Alguns benefícios:

  • Aumento da capacidade de concentração
  • Desenvolvimento da inteligência emocional para controle estresse e ansiedade
  • Reduz riscos de insônia
  • Auxilia na criatividade
  • Aumenta a memória e ajuda na prevenção do envelhecimento do cérebro

As técnicas de respiração em si já fazem parte de uma das ferramentas da atenção plena. Porém existem outras, como:

  • Exercitar sua capacidade de ouvir
  • Reparar na sua forma de comer
  • Perceber como você anda
  • Perceber o ambiente que você está e os detalhes dele (como cheiro e cor, por exemplo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, como podemos lhe ajudar?