5 dicas para definir as prioridades da sua empresa no dia a dia

Gerenciar uma empresa é um grande desafio. Especialmente agora, durante a crise econômica e o cenário agravante causado pela pandemia de coronavírus, muitos gestores e empreendedores precisaram buscar formas de se reinventar para driblar as dificuldades e manter seus negócios.

Diante de um contexto tão difícil quanto o que estamos vivendo agora, ser minucioso com a gestão de uma empresa é fundamental tanto para permanecer no mercado quanto para inspirar e ensinar outros gestores.

Além de ser resiliente, um bom gestor precisa mostrar confiança em seus colaboradores e funcionários, ser um comunicador eficiente e saber definir as prioridades da empresa. Caso contrário, as chances de o negócio não prosperar, são grandes. Já que o mercado avança e se reinventa a todo momento, e quem não consegue acompanhar, fica para trás.

Se você quer crescer com o mercado, fique atento a essas 5 dicas para definir as prioridades da sua empresa no dia a dia:

Trace objetivos claros

Analise a sua empresa e defina metas a longo, médio e curto prazo. Com essa lista em mãos, é um pouco mais fácil descobrir quais são as suas prioridades, o que precisa ser feito com urgência e o que pode ficar na lista de espera. Sem esse planejamento, todas as metas e tarefas podem parecer urgentes e acabam sendo feitas simultaneamente. Resultando em um gerenciamento de tempo ruim, além de desperdiçar energia e tempo em algo que não é uma prioridade.

Além disso, lembre-se da importância da organização. Não adianta criar metas e objetivos e não colocá-los em prática. Organize-se detalhadamente para executar os planos traçados e mantenha o foco, assim, sua atenção não será dividida entre vários caminhos.

Conheça bem a sua empresa

Dirigir uma empresa é muito mais que assumir uma posição de poder, há muito trabalho duro e responsabilidade por trás disso. Principalmente considerando que, nessa posição, você precisa conhecer em detalhes todos os pontos que mantém a estrutura da empresa de pé, como o público alvo, o controle orçamentário e os funcionários. Conhecendo o seu negócio, como ele funciona, do que ele precisa, quais são as fraquezas, os valores e necessidades dele, fica mais fácil encaminhá-lo para um desenvolvimento satisfatório.

Não basta conhecer a função de cada um dos seus funcionários, é necessário enxergar as limitações e capacidades deles. Além de compreender suas jornadas e características pessoais. Como por exemplo, alguns membros da sua equipe podem ter dificuldades para falar em público, mas por outro lado, são excelentes para desenvolver apresentações visuais. Foque em direcionar e incentivar essas pessoas a fazerem o que funciona para elas.

Descubra o que é indispensável

Quando se trata de trabalho, tudo é importante e exige atenção. Logo, é necessário fazer escolhas e saber diferenciar o que precisa ser resolvido primeiro. O ideal é criar uma lista do que precisa ser feito e visualizar a situação como um todo, não apenas como tarefas a serem cumpridas. Assim, fica mais clara a relevância de cada tarefa para o desenvolvimento da empresa. Na hora da decisão, tenha em mente: caso isso seja adiado, pode gerar algum problema para o meu negócio? Se a resposta for sim, pode colocá-lo como indispensável!

Além disso, executar a tarefa da melhor maneira possível também deve ser levado em consideração. Vale a pena conversar com os funcionários, encontrar o profissional adequado para cumprir a função e estabelecer os prazos. Lembre-se que os prazos são fundamentais e precisam ser levados a sério, e é preciso defini-los considerando possíveis atrasos e imprevistos. Assim, a demanda pode ser cumprida com segurança e eficácia, sem risco de falhas.

Aprenda a delegar e realizar parcerias

Sabe o networking que tanto se fala no mundo dos negócios? Esse é um dos momentos para utilizá-lo! Pedir ajuda da sua equipe ou rede de contatos para lidar com as pendências do dia a dia ajuda e muito na resolução das pequenas crises.

Imagine o cenário: você comanda uma empresa e está com um assunto urgente em mãos para resolver, mas há dias não consegue encontrar uma forma de lidar com isso e o problema só fica cada vez maior… Você já viu esse filme antes, certo?

Busque a assistência de outro profissional para te ajudar a solucionar esse problema! Pode ser o seu assistente, um colaborador da empresa ou até mesmo um freelancer. Ter a opinião e visão de outra pessoa nos possibilita enxergar uma mesma situação de outra forma.

O mesmo vale para pequenas tarefas, como atender o telefonema de um cliente ou receber uma encomenda. Deixe que os membros da sua equipe façam essas pequenas coisas, isso demonstra confiança e já ajuda a riscar alguns itens da lista ‘to do’.

Fique de olho no orçamento

Investir é excelente e pode ser recompensador, mas quitar contas é ainda melhor para a sua empresa. Na hora de tomar decisões e assumir compromissos no dia a dia, é indispensável ter em mente o que está dentro e o que está fora do seu orçamento.

Mais importante que gastar e investir, ter um controle orçamentário é uma ferramenta útil capaz de livrar a sua empresa de grandes problemas. Sabendo o que entra, sai e fica no seu caixa, facilita tanto na tomada de decisões urgentes quanto na hora de resolver imprevistos.

Você já ouviu falar em consultoria empresarial?

Contar com a experiência de profissionais para orientar o gerenciamento, pode ser mais uma forma de definir as prioridades da sua empresa.

Consultores são contratados para entender quais são as necessidades, problemas ou objetivos de uma empresa. Como melhorar as vendas, aumentar a produção mensal ou mudar de ramo. Buscando soluções práticas e inteligentes para aprimorar o desempenho e alcançar as metas traçadas.

Engana-se quem pensa que a consultoria empresarial é inacessível e adequada apenas para grandes empresas já consolidadas no mercado. Os consultores atendem todos os tipos de empresas, desde micro a pequenas, médias e grandes empresas. Além disso, podem ser de grande ajuda tanto para gestores experientes quanto para quem começou a empreender recentemente.

Outro mito clássico é de que apenas empresas em crise necessitam de consultoria. Nada disso! Contratar uma consultoria empresarial pode fazer parte do planejamento anual da sua empresa, mesmo que seja só para checar como está o desempenho da equipe, encontrar possíveis falhas ou identificar oportunidades de melhorias.

Um dos pontos positivos de trabalhar com consultores empresariais, é que eles são capazes de enxergar coisas que os administradores não conseguem, já que não estão envolvidos diretamente com a empresa. Logo, ajudam a tomar decisões difíceis e a vencer possíveis obstáculos que os levarão até seus objetivos.

Lembrando que, os consultores não tomam o poder da empresa. A decisão final continua uma responsabilidade de quem dirige o negócio. A consultoria ajuda no planejamento estratégico da empresa, estabelecendo metas a curto, médio e longo prazo, orientando os gestores e visando algo futuro.

 

5 dicas para ser um bom gestor:

Demonstre confiança

 Tenha confiança em si mesmo, na equipe e na sua empresa. Não há nada de errado em se mostrar vulnerável caso algo fora do planejado ocorra. Mas, tenha em mente que acreditar no sucesso do seu negócio é fundamental para que outras pessoas também acreditem nele.

Dê o exemplo

Ocupar uma posição de poder vem acompanhado de uma responsabilidade imensa, não apenas pelas demandas, mas pela necessidade de ser um exemplo a ser seguido. Não seja o chefe que está sempre atrasado para as reuniões, evite conflitos e mostre produtividade.

Seja um comunicador eficiente

As pessoas precisam entender você, então, é fundamental se comunicar de forma que as suas ideias e comandos cheguem até elas. Lembre-se de trocar feedbacks, ser honesto sobre seus posicionamentos e rígido quando necessário. Além disso, esteja sempre aberto a conversar e trocar ideias com a sua equipe, mesmo que o assunto não seja trabalho!

Não tenha medo de tomar decisões

Sejam fáceis ou difíceis, elas virão e não há como fugir. Decisões precisam ser tomadas diariamente e não é nada saudável deixá-las para depois ou passar essa responsabilidade para outras pessoas. Tenha em mente que essa tarefa faz parte de liderar e gerir uma empresa, assuma sua posição e faça o que for necessário.

Esteja em constante aprendizado.

Seja um empreendedor recente ou mais experiente, é sempre bom buscar novos conhecimentos e se aprofundar nos estudos. Especialmente no mundo dos negócios, as coisas mudam rapidamente e estão em constante evolução, portanto, não fique para trás. Mantenha-se sempre atualizado e atento às novidades empresariais.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, como podemos lhe ajudar?