Sustentabilidade Econômica: 5 motivos para se preocupar

sustentabilidade econômica

Sustentabilidade Econômica: 5 motivos para se preocupar

Diariamente, somos assolados por notícias que demonstram o quanto é urgente mudarmos a forma como tratamos o meio ambiente. Nesse cenário, desponta no horizonte o conceito de sustentabilidade econômica.

A abordagem busca adotar estratégias capazes de tornar uma empresa lucrativa, mas sem causar prejuízos ambientais. Ao lado da sustentabilidade ambiental e social, a ideia serve como base para o desenvolvimento sustentável.

Por isso, se você quer entender as vantagens de adaptar sua empresa a essa nova realidade — que tende a ganhar cada vez mais força —, continue a leitura deste conteúdo até o final!

Qual é o conceito de Sustentabilidade Econômica?

Resumidamente, a sustentabilidade econômica é um conjunto de práticas econômicas, financeiras e administrativas que visam o desenvolvimento econômico de uma empresa, preservando o meio ambiente e garantindo a manutenção dos recursos naturais para as futuras gerações”.

Isso significa que o objetivo dessa prática é buscar a lucratividade sem ultrapassar os limites estabelecidos pela natureza, atuando de forma responsável e preservando os recursos naturais.

Em outras palavras, podemos dizer que a sustentabilidade econômica encontra novas maneiras de produzir e leva em consideração os efeitos sobre o meio ambiente e a sociedade.

Por exemplo, o desmatamento florestal, realizado na maioria das vezes para “abrir pasto” — ou seja, para abrir áreas que servirão para a agricultura ou pecuária predatória —, pode fazer sentido num primeiro momento.

Entretanto, os impactos ambientais dessa ação são desastrosos!

Entenda a importância da Sustentabilidade Econômica

Como você já deve estar entendendo até aqui, a sustentabilidade econômica é um assunto que está no radar das maiores lideranças mundiais. 

Afinal, aliar as esferas social e ambiental à econômica tem sido indispensável ao sucesso das empresas, sejam elas estatais ou privadas.

E para mostrar a relevância do tema, acompanhe, na sequência, as 5 maiores vantagens de implementar as estratégias economicamente sustentáveis na sua empresa:

1. Economia a médio e longo prazo

Investir em técnicas sustentáveis, a princípio, pode parecer caro. Porém, isso não é uma regra e, além disso, com o passar do tempo você poderá economizar muito dinheiro a partir dos investimentos realizados.

Isso é facilmente percebido ao pensar que recursos esgotáveis e produtos descartáveis, por exemplo, podem ser substituídos por itens muito mais duráveis.

2. Mais lucro e menos risco

Quando a infraestrutura da corporação se torna mais sustentável, é natural que a produtividade do negócio aumente — bem como os lucros — e os riscos de acidentes ambientais sejam reduzidos.

Além disso, outra consequência dessa transformação é a maior conformidade da empresa à legislação vigente, tendo menos chances de ser multada.

3. Aumento dos ganhos indiretos

Embora já tenhamos citados os ganhos diretos — ou seja, com produtos mais duráveis e maior produtividade, por exemplo —, os benefícios indiretos também são muitos quando a sustentabilidade econômica é adotada.

Isso porque, através de um meio ambiente preservado, maior desenvolvimento econômico é possível ser alcançado, devido às melhorias promovidas nas condições de trabalho e na qualidade de vida de colaboradores e clientes.

4. Maior credibilidade 

Conforme cresce a preocupação com o meio ambiente, cresce também a prioridade que clientes e investidores dão às empresas que se comprometem, verdadeiramente, com a causa. Então, nada de greenwashing, hein!

É preciso estar engajado enquanto empreendimento e atuar com responsabilidade, preservando o bem-estar social e ambiental para ter credibilidade no mercado.

5. Vantagem competitiva

E se a empresa é bem vista na praça, não é difícil prever que ela se destaca da concorrência, certo?

Pois é, se tornando mais sustentável, a marca sai na frente de muitos negócios que ainda não despertaram para a urgência do assunto. 

Assim, com uma boa reputação, mais clientes são atraídos, as metas são atingidas e a empresa prospera!

 

Leia também:

Você sabe o que são e para que servem as metas SMART?

Como evitar a procrastinação no trabalho? 5 Truques infalíveis 

 

Quais são os desafios da Sustentabilidade Econômica?

Sem dúvida, um dos principais desafios da sustentabilidade econômica é a falta de conscientização a respeito da importância do assunto.

Infelizmente, a questão ainda é deixada em segundo plano por muitos empresários e cidadãos desinformados ou que preferem acreditar que os recursos naturais nunca se esgotarão e que a Terra não está entrando em colapso.

Com isso, a atitude desse público já é tida como primitiva, descontando resíduos de forma incorreta, desmatando as florestas, desperdiçando recursos, fortalecendo o consumismo, acumulando bens, poluindo rios, a atmosfera e etc.

Como adotar a Sustentabilidade Econômica na empresa?

Para que as coisas possam mudar e as próximas gerações possam dar sequência à vida da forma que conhecemos — ou melhor, assim esperamos — é imprescindível que a postura das empresas mude.

Isso pode ter início a partir da adoção de pequenas mudanças

Acompanhe alguns exemplos:

  • Tratando efluentes e descartando corretamente os resíduos;
  • Reutilizando, consertando e reciclando materiais usados, a fim de promover a economia circular;
  • Investindo em itens renováveis, com menor impacto ambiental, como os copos de papel que podem substituir os de plástico descartável;
  • Priorizando produtores locais e parceiros que adotam práticas sustentáveis;
  • Estimulando o uso de meios de transporte alternativos, como a bicicleta;
  • Elaborando planos de emergência para preservar a comunidade do entorno em caso de acidentes;
  • Diminuindo o consumo de materiais como papel para impressão;
  • Dando preferência aos biocombustíveis e às  fontes de energia renováveis.

Atuando a partir de um Coworking

A última dica merece até um tópico só para ela!

Isso porque, quando a intenção é cuidar da saúde financeira do negócio, reduzir custos e tudo de maneira sustentável e colaborativa, o coworking é a opção perfeita! 

Os espaços compartilhados têm salas equipadas, com infraestrutura de ponta, mobiliário moderno e serviços como faxina, manutenção, água, luz e internet já inclusos na assinatura.

Sendo assim, o compartilhamento de todo esse conjunto gera redução no uso de recursos, que muitas vezes acabam sendo desperdiçados quando se possui um escritório convencional.

Em outras palavras, o coworking favorece o consumo otimizado de eletricidade, o reuso de água (que pode acontecer através da captação de água da chuva), alguns programas de compostagem e reciclagem e muito mais.

Além, é claro, de gerar economia para as empresas, que não precisam gastar com móveis, instalações próprias, materiais de escritório, por exemplo, gerando menos impacto ambiental e, é claro, poupando dinheiro.

Portanto, se você já entendeu a importância da sustentabilidade econômica e percebeu o quanto um espaço colaborativo contribui nessa empreitada, conheça o Espaço Certo para você, coworking em Santos! 

Open chat
Olá, como podemos lhe ajudar?